Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Moça Isabel - Radyr Gonçalves

Arte de Edward Hopper 
-

... Uma moça Isabel nua numa janela
Observa o vazio da vida abstrata
O latido do bicho urbano
O uivo lamentado – a ferida, o enfado
Dos homens que passam macerando o peito da avenida...

Enfiada em velhas camisolas
Algumas senhoras caminham nos corredores
Buscam um par para dançar uma última dança
Buscam borboletas, quimeras, esperanças
Antes que a pá aponte o pé e mostre o pó...

... Uma moça Isabel tão só – nua na janela
Medita no vácuo dos olhares tristes dos passantes
Homem em crise
A sem crase
Nada que abrase o profundo íntimo da alma
Lá fora, um homem Djalma – perdido na rua
Procura uma dormida...

Enfiados em calçolas de algodão
Anjos deitam no chão e rezam olhando para o teto
Lá fora no lixo, fatos, fitas, fetos
Novelas obsoletas
Passados infartados
Tempos descartados
Poesias de gavetas
Misturadas com dejetos de pombos e ratos
Sobra de comida nos pratos
Sobra de frases nos cartazes
Sobra tudo - falta paz

Lá fora um pobre rapaz – observa a bela nua moça Isabel
Cai à tarde
Tinge o céu...
E o mundo parece que finda...

-
Radyr Gonçalves
Copyright 2017
Todos os direitos reservados


Comentários