Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Apodyopsis - Radyr Gonçalves


-
Para encontrar o ponto paradisíaco - tem que antes encontrar a gérbera dourada
O gozo de todas as ninfas
O simples botão de flor não encontra-se em terreno pantanoso
No entanto
É preciso girar a manopla do tempo
E enveredar-se na busca...

Desnudar a Rosa amada
Retirar seus íntegros véus
Singrar doze mares
Bordar sete céus

Cavalgar incontáveis corcéis
Enterrar do ser as memórias das alcovas
A fome da raposas, o perfume dos bordéis

Purificar-se!

Para encontrar o verso diamantado no ventre de uma mulher
É preciso antes rasgar as cortinas da noite
Ritualizar a lua
Amansar a corça
O cio selvagem
E começar a viagem alma a dentro
Ser mais que língua, pele, olhos, tato
Ser de fato - sagrado
O fogo que incendeia o quarto

O que vislumbra a nudez além dos vestidos
O que sente o perfume do cio sob a luz do sol
E que aliança fidelidades
Até que se rompa o cordão de prata.

_
Radyr Gonçalves
Copyright 2017
Todos os direitos reservados

Comentários