Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Manhã de sábado na praia do Meio - Radyr Gonçalves


... A mansidão das ondas beija os arrecifes
O mar açoita a calçada
A garganta do vento oferta torvelinhos
E os homens caminham frios
Em pleno mormaço das seis

O sexto sentido das pedras
A leitura profética da brisa
Iemanjá olhando o asfalto
A moça sentada na areia
A ninfa, o tritão, a sereia

E a mística praia do Meio
Derramando-se na poesia que leio
Sobre biquínis e histórias do Forte

O sol emprenhando as gaivotas
A saudade estampada na face do cais
A moça, o cachorro, o rapaz
A turba bailando nas águas

E o pescador –
Sonhando marés mansas
Enquanto os peixes enganam a isca

(Nem pisca).