Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Februarius

-

O temperamento poético desse tempo esplendoroso

Arlequins flutuam em meio às plumas
A vivacidade das brumas coloridas
A poeira de ouro
Borboletas, Mariposas, Pierrôs, Colombinas...
E as avenidas sambando nos pés das passistas

A fotografia do tempo nos olhos do frevo
Um Capitano que foi enganado
Um briguelo que fugiu da briga
Um palhaço que saiu da pista
E não perdeu a graça
A moça feliz, a guarda, o praça
E a imagem de fevereiro sorrindo...

O Momo implica com o Pantaleão
Lady Godiva passa a cavalo
Há um estranho elo – um misterioso halo
De repente chove purpurina
E todas as meninas despem-se da timidez

Nuas de vez –
Curvam-se a Februa
Que as purifica
Na fonte mística da ilusão
E por um instante a felicidade parece existir...

Ria, ria, ria...

(Isso é só utopia).

-
Radyr Gonçalves
Copyright 2017
Todos os direitos reservados