Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Enquanto janeiro se vai...


-

Calma encantada de um janeiro manso
Remanso de maré
Águas que beijam o ventre dos barcos
Um solzinho amarelo, singelo, um castelo de areia
Impresso nos olhos cheios de sonhos
Do meu eu menino

O barco desliza feliz abraçando o rio
Sossegado, que cochila...
Sob o olhar cintilante da noite
E a sinfonia da brisa e dos grilos encantados
Que enchem a noite de música
Enquanto janeiro se vai...

-
Radyr Gonçalves