Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Morrerei de amor..



Morrerei de amor na beira da praia,
Desabafando com as sereias,
Falando dos tons das areias,
E dos capítulos passados...

Morrerei de amor cantando um fado,
Chorando leros,
Rimando liras,
Apagando velas,
Acendo piras...

Morrerei de amor matando tardes,
Esconderei o sol,
A estrada, a ponte,
Esconderei o caminho que leva ao monte,
E deixarei esse mundo um descampado...

Morrerei de amor por tua falta,
Cantarei Caymmi,
Tocarei flauta,
Dançarei um samba,
Escreverei a pauta,

De um último poema envenenado,
Então morrerei, como morre um apaixonado.

-
Radyr Gonçalves

Sarau de homem só