Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Futuro




Estamos tortos
Estamos mortos
Estamos jazz

Infindos finados
Alados
Domados
Falantes
Assombrados
E assombrosos

Estamos turvos
Com corvos
E mochos

Cegos
Com nossos egos

Montando com legos
Gigantescos brinquedos

E nos esquecendo
Que a nossa glória futura
É a sepultura...
Tão somente.

-
Radyr Gonçalves
In A Poesia Radyrniana
Natal, 01 de novembro de 2015