Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Cores de Novembro

Deserto do Atacama - Chile



Os pensamentos incessantes sobre a vida aqui
A vida lá
Nos desertos da lua

A vida aqui dentro
A vida através da janela do velho sobrado
Da janela da velha choupada
A vida dentro de um cubículo de verso

A vida amarrotada numa rudia de poesia
Perdida entre os labirintos das rugas

Quando novembro chegou vi tristezas indo embora
E ciclos vazios se formaram
E flores desabrocharam em Atacama

Inomináveis sentimentos fizeram chover pétalas

A primavera ainda sorrir
As cotovias ainda enfeitam os céus
O mar cicia baixinho
Ouço com carinho um canto...

Não sei se de sereia
Ninfa
Anjo

Só sei que é sublime
Só sei que flutuo
Só sei que outubro partiu no último trem

E novembro chegou
De mala e cuia
Todo colorido.

-
Radyr Gonçalves

Natal, 01 de novembro de 2015