Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Poema não esperado

Imagem: Andre Dudgeon
*


Você é poeta
Então as pessoas esperam de você doces palavras
Esperam que no seio da sua lavra
Esteja o amor, a dor, a paixão...

Ninguém espera do poeta uma palavra amassada
Uma latinha amassada
Uma camisa amassada

A carne passada
O vidro quebrado
O estilhaço de um verbo

Confesso
Até eu já esperei
Algum verso de amor no tanque da minha verve
Uma febre de paixão
Uma dor passageira

Eu também não esperava
Um frango assado na brasa
Um cachorro com duas asas
Um pato falando em política

Eu não esperava jamais um poema sem cadarço
Um verso sem cabaço
Uma palavra de aço

Que rimasse com regaço
Que abraçasse o amor
A paixão
Que esquecesse a dor
E então...

Fosse um poema comum...

Acho que vi um anum.

-


Radyr Gonçalves