Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

A moça branca


Paintings by Serge Marshennikov



Tão bela
Em seu vestido salpicado de sol
Tão branca
Tão leve
Tão ave
Levitando pela rua

Mencionei-a em mil e poucos poemas
Foram tantos versos, sonetos, canções
Tantos rastros de inspiração

Tão bonita
Cheia de lirismo nos seios
De símbolos nos olhos
De misticismo nas coxas
De suavidade nas mãos

Guardei-a em segredo em um poema selado
Pedra minha
Sorte
Luz violeta de um amor que não possuo
Mas que enche-me sutilmente
De um gozo surreal
Que faz-me leve
Ave
E como por um milagre
Posso voar com ela
Até que eu desperte
(Infelizmente).

-
Radyr Gonçalves