Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Canção da minha fascinação


-

Etecetera, etecetera e etecetera,
Teus blás, blás, blás malcriados,
Teus olhos por cima dos óculos de leituras,
Teus poemas desabafos,
Teus gestos incomuns, teus grilos...

Fascinam-me,
Viciam-me,
Guilhotinam-me...

Preciso de um competente psiquiatra,
De um botão de rosa vermelha para enfeitar teu seio desnudo,
De uma drágea de cafeína,
De uma rede de pano de saco para dormir embalado em teu corpo...

Tuas falas teatrais enchem-me de alegria,
Teus olhos de poesia Neruda enchem-me de luz,
Tua língua de lua tagarela, teu hálito, teus dentes de versos,

Mordem-me
Cariciam-me
Assassinam-me

Preciso recrear nos teus recônditos,
Preciso dançar nos teus lábios,
Preciso ensaiar demorado,
Um último ato alado,

E morrer mergulhado no buquê do teu íntimo, amada...

E etecetera, etecetera, etecetera.




-
by Radyr Gonçalves
Copyright 2013
Todos os direitos reservados

-
CONHEÇA SAC POLÍTICO