Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Mundo Redondo





Radyr Gonçalves
 -

Mundo velho redondo
Confuso
Apertado por parafusos
Que ora se afrouxa
Ora se aperta

A hora certa do mundo se atrasou
O trem não passou
E o mundo parado
Fica assistindo as meninas da Femen exibirem os seus seios branquíssimos
Seios redondos
Ora alicerçados nos cadáveres reivindicativos
Ora procurando o redondo umbigo


Comigo o mundo tem sido camarada
Camarada redondo
Aqui e acolá ele atiça minha labirintite
E me joga feito pião

Na palma da minha mão
Uma pequena réplica do corpo redondo
Velho, patético, posando de moderno
Em redes Wi-Fi

Mundo frouxo
Desregrado
Medonho, bipolar, apressado
Depressivo, corrosivo, maltratado.


 -
Radyr Gonçalves
Copyright 2013
Todos os direitos reservados