Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

A prefeita Micarla fala aos seus botões



A prefeita Micarla fala aos seus botões

-
Radyr Gonçalves
-
A esperança já não me é palácio
Já não sou rainha
E o cansaço
Me toma de escrava

Perdi o tino
O cheiro de tempero político
Já não me chega às narinas

Me esquivo prum lado – paulada!
Me esquivo pro outro – o Capiroto!

Um diabo verde me persegue
Como Alice atrás da lebre

É a turba, lá fora, me devora
Com dentes de pragas
E profecias venenosas

Simplória, me escondo sem glória
Nos escombros da minha destruição
Não tenho rancor algum
Mas tenho feridas abertas
E cicatrizes talhadas

A morte banha meus pés
E a multidão louva minhas agruras
Perdi a paz, perdi a fé
A prefeitura.

-
Copyright 2012
Todos os direitos reservados