Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

O desabafo de um coiote



Sou o mais fiel dos coiotes
O mais solitário da matilha
O mais pensativo
O mais quieto
O que menos uiva

Eu sei o que é solidão de deserto
Eu sei o que é caminhar em terras turvas
Conheço bem a tristeza
Pois já toquei as vestes da amargura
E já fiz pacto com a dor

O bom da solidão é o aprendizado silencioso

Hoje eu sei caminhar no escuro
E imitar as estrelas

Conheço de perto as noites
E sei como enganar a fome

Palmilho toda a floresta
E desbravo cada montanha

Sei ler os passos seguintes
E decifrar a voz do mais voraz

O ruim da solidão é o frio
A falta de vinho, de uma pele, de um sussurro
A falta de um blue
Para aquecer a vida
E acolher melhor a sina
De ser parte do deserto.

-
Radyr Gonçalves

Copyright 2012
Todos os direitos reservados


Conheça Natal UP
www.natalup.com

Comentários