Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Em meio a neblina




Causa-me estranheza
Este vinho sobre a mesa morta
Estes lençóis sobre esta cama magra
Estes pijamas suados
Estes olhares acuados nestas fotografias tortas

Causa-me espanto este amor que não canto
Ainda ciciar baixinho
E me fazer ver coisas que já pensava não ter na memória

Minha lembrança é uma neblina
Que teima em ser candeia
Que teima em ser luz, sol, vela
Que mostra que ela
Está em todos os poros
Em todos os tecidos
E que estará comigo
Enquanto eu viver.

-
Radyr Gonçalves
Copyright 2011
Todos os direitos reservados

Comentários