Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Canção para um mendigo - Sonhar demais


Pediu um copo com água, sorriu sem dente, disse Deus te abençoe e seguiu o seu caminho

Levo comigo tudo que tenho
Mas preciso de mais

Preciso de pão
Roupa, cama
Sopa quente
Preciso de dentes
Preciso de paz

Tenho comigo esta vida surrada
Sofrida, ferida, malhada
Sem norte, sem medo da morte
Sem sorte, dorida
Filme sem corte
Que nunca termina

Trago comigo a solidão das ruas cheias
Sou meio invisível
Apagado, jogado, deixado de lado
Lançado aos cães
Brinquedo do diabo

Tenho comigo o tempo todo
Tenho um choro guardado
Um grito abafado
Um soluço escondido

Tenho comigo as chaves do inferno
O frio do inverno
A dor de uma guerra

Tenho comigo vontades
Esperanças vencidas
Bulas não lidas
Poesias tecidas
Em fios de sofrimento

E neste momento
Eu queria apenas dormir
E descansar meu sofrimento
E nunca mais acordar
E se acaso acordasse
Queria acordar
Nos braços de Deus, nosso Pai
Ah, como eu queria
Seria uma alegria
Seria sonhar demais.

Pediu um copo com água, sorriu sem dente, disse Deus te abençoe e seguiu o seu caminho.

-
Radyr Gonçalves
Copyright 2011
Todos os direitos reservados

Comentários