Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Gado


É mentira
Não há violeta nas janelas
Nem canções setembrinas
Não há cantilenas de anjos
Nem cio das virgens nas luas novas

Olhe lá fora
O gado sofre no pasto
Come o pior capim
E fica sorrindo pra mim

Não há deuses nos templos
Não há tempo pra nada
Não há peixe no mar
Não há nada no ar

Olhe pelas brechas com cuidado
O gado pasta na bosta
Cego de vaidade
Nem nota que a sua volta
De fato, só existe a morte
Esperando a sua carne gorda.

-
Radyr Gonçalves
Copyright 2011
Todos os direitos reservados

Comentários