Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

Cinderela Noturna


Uma Cinderela moça enroscou-se nos meus pensamentos
Não fosse o cheiro de lírio-d´água
O prisma no olhar de virgem
O aroma das rosas maceradas
Diriam que estou louco

Mas há resquícios de beijos nas minhas vestes
Perfume de ninfa nas minhas veias
Chamas de fogo na minha pele

Fitam-me pasmados
E gritam: Amado, amado!
Tens a virgem do lado...

Uma Cinderela moça aparece-me à noite
Desde então não tenho frio, não tenho sede, necessidade ou fome
Tornei-me um homem noturno

Preso nos labirintos deste sanatório
E nunca mais acordei para a realidade
Nem quero acordar

Uma Cinderela moça aparece-me à noite.

-
Radyr Gonçalves
Copyright 2011
Todos os direitos reservados

Comentários