Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

REFLEXOS DE NOVEMBRO


Ah, esses risos de novembro
Estes olhos por trás das portas
Estas bocas dentro de outras bocas
Estes pés, estas pernas, estes pasmos

A primavera beija um beija-flor
Eu me apaixonei por uma margarida
Que ama um girassol
Que tá nem aí pra vida

Ah, estes sonhos de estações
Estes seios que se mostram na transparência das águas
Estes braços que se abraçam nos braços da tarde
Estas pegadas, estas digitais, estas taras de primavera

Eu beijo novembro como beijo um beijo virgem
Eu caio em teus braços, calado
Ouvindo a música da tua voz
Sentindo a pétala da tua tez
Alva, terna, eterna, cariciosa
Única
Eu fico pensando
Quando será novembro outra vez?

Radyr Gonçalves

Comentários