Ainda sobre o amor ♦ Radyr Gonçalves

DA MINHA HONESTIDADE, DA SANTIDADE MASCULINA, DO AMOR....



Escruto meus sentimentos enquanto o chá esfria. Pondero sobre o amor e a morte de algumas manias que deixei pra trás. Como o amor muda um homem. Na minha mais pura honestidade, nunca acreditei, sinceramente, que pudesse amar, de fato. Mas o amor existe na espécie masculina. É coisa rara, meus caros, mas creia-me; tal milagre existe. Um homem amando é esquisito. Normalmente um homem quer tragar para a cama um mar de mulheres. Instintivo isso. Mas quando se ama uma mulher é como se só esta mulher existisse. O amor no homem é uma pérola. Amar é místico. No homem, amar é mais que isso. Amar chega ser um degrau na escada da santidade masculina. Sabe por que, meus caros? Por que homem quer mesmo é provar de todas as maçãs, mesmo sabendo que todas são iguais. Por isso, senhores, mereço ser canonizado: Estou amando.


-

Radyr Gonçalves

Comentários