Postagens

Coisas de mulher - Alice Maria Gonçalves Marinho

Magricela boneca inútil - Marcela Brenan Garcia

Dama esquecida - Saleth Dias Mourão

Sem saída - Maria Augusta de Carvalho

Exigente - Magdalenna Linhares

Canção de adeus - Radyr Gonçalves

A precariedade da minha poesia - Radyr Gonçalves

Solidão ou minha biografia cabe num simples haicai

Perfam - Radyr Gonçalves

Suicídio no campo de girassóis

De onde vêm os versos? - Radyr Gonçalves

Verbi Gratia - Radyr Gonçalves

A deusa das pedreiras - Radyr Gonçalves

Andreia Inocente - Radyr Gonçalves

Maio poetizado - Radyr Gonçalves

Cancioneiro de despedida - (A Roberto Cardoso) - Radyr Gonçalves

O homem dentro deste bigode - (A Belchior) Radyr Gonçalves

Nova Guiné - Radyr Gonçalves

Canção de Maio - Radyr Gonçalves

Castel Gandolfo - Radyr Gonçalves

Singularidades de um não roteiro - Radyr Gonçalves

Pequena canção de uma vida simples - Radyr Gonçalves

Autoleitura - Radyr Gonçalves

Das belezas da solidão - Radyr Gonçalves

Dos deuses adormecidos e das velhas ideias - Radyr Gonçalves

Cirandeiro Sabático - Radyr Gonçalves